[Review] High School DxD

template-chamadablog

High School DxD
Ação – Ecchi – Harem – Sobrenatural
2012 / 12 Episódios

MIX

MIX

Em uma escola “dominada” por garotas, estuda o protagonista Hyoudou Issei,do segundo ano e que almeja acima de tudo ser um “Harem King”, ou seja, ter uma relação com todas as mulheres de lá. Diferente das escolas normais, Kuoh Academy abriga secretamente diversos clãs de demônios, anjos e anjos caídos – em sua maioria garotas – e uma destas acaba atacando e matando nosso protagonista, mas não acaba por aí e no dia seguinte, Issei acorda em seu quarto na companhia de uma das garotas mais bonitas e “avantajadas” da escola, Rias Gremory. Ali ele descobre que para não morrer, ela fez um pacto demoníaco e que a partir de agora ele é um servo dela, um servo do Clã Gremory. Com isso, Issei acaba conhecendo mais dos pactos e serviços prestados por um demônio e descobre que nada foi por acaso…

LINKS RELACIONADOS

REVIEW: HIGH SCHOOL DXD NEW (2ª Temporada)
REVIEW: HIGH SCHOOL DXD SPECIALS
REVIEW: HIGH SCHOOL DXD OVA’S
ESPECIAL COSPLAY: HIGH SCHOOL DXD

Aprendendo a ser demônio!

Os primeiros momentos do anime mostram como Issei acaba se resolvendo com o Clube de Ocultismo, onde a ruiva Rias é a responsável por liderar toda a galera com ajuda de Akeno, Koneko e Kiba.

Lá, Issei aprende a desenvolver alguns poderes, menos o de teletransporte. Sem isso, quando algum humano acaba pedindo por seus serviços, ele acaba indo de bicicleta, este, um dos momentos mais engraçados da série.  Outro núcleo da série, é quanto a relação de Issei e seus pais com a chegada de Rias, que acaba indo morar com ele. Algumas cenas lembram Onegai Teacher!

Como dito na sinopse, nada foi por acaso Issei voltar a vida como demônio, isto pois ele possui um poder interno poderoso, o Sacred Gear, que quando ativado, libera o poder de um dragão capaz de destruir até mesmo um deus, mas como o garoto é desastrado e mal-treinado, ele acaba muitas vezes sendo salvo pelas meninas do clã que ajudando-as.

esquerda para direita; Akeno, Issei, Rias, Kiba, Koneko e Asia.

Anjos x Demônios x Anjos Caídos

No momento em que Issei-san começa a aprender a manipular seu Sacred Gear e agir como um membro do Clã Gremory, é que a série começa a engrenar em sua trama.

A trama é até que padrão, onde o equilíbrio do mundo está no poder da igreja, dos demônios e dos que estão em cima do muro, os anjos caídos. Nesta primeira temporada – a segunda é de 2013 – temos uma leve abordagem inicial da briga entre demônios e igreja, onde a tímida e inocente Asia Argento nos é apresentada, porém, a trama principal de High School DxD é com a briga de famílias e egos entre demônios.

Interessante notar que o clã liderado por Rias são os bonzinhos da história, mas né, são demônios! ehehe

Não esquecendo de citar os Anjos Caídos – pouco explorados nesta primeira temporada – são os anjos que deixaram ‘cair em tentação’ por desejos e começaram a ter ambições próprias.

High School DxD abusa do atributo das garotas!

O Clã / O Clube / O Xadrez

A cereja do bolo da série é a analogia do grupo de Rias com as peças de xadrez. Quando uma família de demônios entra em conflito com outra, elas não “brigam” e sim, “jogam”!

Para melhor exemplificar, veja só:

Hyoudou Issei
O protagonista de High School DxD é o Peão do tabuleiro que possui um grande poder não desperto dentro de si. Com o Sacred Gear ativado, ele consegue um poder descomunal por cerca de 10 segundos; O que faz com que ele possa se tornar o REI por alguns momentos!

Rias Gremory
A líder do clã e presidente clube de ocultismo é um dos demônios mais poderosos existentes e seria a peça Rei do tabuleiro. Ruiva e com grandes seios – o que fez Issei se “aproximar” ainda mais dela – faz o par quase romântico com o protagonista.

Akeno Himejima
A Rainha do tabuleiro e a segunda em comando do Clã Gremory, assim como Rias, é uma das garotas mais bonitas e populares da escola – talvez a que mais desperte desejo entre os amigos de Issei – e utiliza de modo sádico seus ataques com energia elétrica.

Koneko Tojo
É a garota “Ayanami” da turma e simboliza a Torre dentro do clã. Apesar de esnobar Issei, é uma garota super-protetora e com uma força descomunal, apesar de sua aparência pequena e frágil.

Yuto Kiba
O único homem – junto com Issei – dentro do clã, faz o papel do Cavalo/Cavaleiro dentro do tabuleiro. Especialista em espadas, é capaz de criar, moldar do jeito que precisar para vencer seu inimigo

Asia Argento
A mais tímida e inocente dentre as garotas, era da igreja e morava em um convento. Após conhecer Issei, viu que a vida não era apenas de reza e solidão e resolveu se envolver mais com o clube de Rias, se convertendo para uma demônio. É a Bispo e especialista em curas.

Issei e sua taradice pra cima de Rias Gremory!

Entre lutas e peitos…

Não que a série se resuma a isso, mas o plot apresentado poderia ser muito mais bem trabalhado para um roteiro ainda melhor. Os fatos e arcos são rápidos e dinâmicos, mas há momentos onde a superficialidade comanda.

A série começa com uma dose mais humorística, passa pelo harém e termina muito bem com lutas e cena de ação. A saga e jogo do clã Gremory x Phenex é bem bacana, com estratagemas das garotas, com seus poderes indo além dos limites e claro, com roupas rasgando pra lá e pra cá.

Então, o que quero dizer é mais ou menos isso: Se a trama não é tão elaborada assim, poderiam investir mais em combates e cenas de ação, e claro, pra não descaracterizar os tons ecchi, colocar as cenas picantes dentro de um contexto mais “aceitável”.

O amor entre Hyoudou Issei e Rias Gremory!

Outro ponto interessante é com o principal Hyoudou Issei. Diferente de muitos personagens de harém – e já citado em um dos nossos Top Suco Tarados – ele não tem alergia a garotas, seu nariz sangra depois de tocar e não somente ver e almeja ser o ‘Harem King’. É interessante essa atitude do personagem e de uma certa quebra de paradigmas de muitos animes que se vê por aí.

As garotas possuem os traços característicos de Harem – a explosiva, a tarada, a inocente, a tímida – mas Rias Gremory e todo seu cabelo vermelho dá um tchã a mais com sua personalidade. Uma das coisas que a série ficou devendo, foi a relação de Issei e Rias que poderia ser mais explorada.

Quem deve assistir?

Está familiarizado com animes Ecchi? Então assista que é diversão na certa – sendo melhor que a grande maioria deles. Se você não é tão fã assim – e se leu o texto do SUCO até aqui – já deve ter uma noção do que esperar não é?

A trama é boa mas não tão bem aplicada assim. As batalhas são bacanas, principalmente quando Issei desperta seu Sacred Gear. Algumas referências com o ocultismo, anjos caídos e como funciona a invocação de um demônio, o pacto de sangue também são alguns fatores que deixam a série mais rica.

Se você está na dúvida e for assistir, já assista “querendo mais” pois, já tem a segunda temporada também! Então depois de ver estes demônios, anjos, anjos caídos, dragões e deuses sendo tratados um pouco “superficialmente”, é possível que algum desses núcleos possa ser mais bem explorados.

Se você gosta de Ecchi, ação, ocultismo, demônios, peitos e XADREZ, a série é perfeita e foi feita para você!

O Xadrez sempre presente na série!

Da questão técnica e principalmente da trilha sonora!

A série foi produzida pela TNK, com direção de Tetsuya Yanagisawa e roteiro de Takao Yoshioka e, além destes 12 episódios, possui mais 2 OVA’s que intercalam entre a primeira e segunda temporada. Além disso, saiu 6 episódios especiais que, assim como a segunda temporada, vai estar presente nas review aqui do site!

A primeira temporada foi uma adaptação dos 2 primeiros volumes do Light Novel escrito por Ichiei Ishibumi, e que já possui 15 lançados até o momento e 4 volumes de mangá também em andamento.

Quanto a questão de efeitos e character design, não tem muito o que dizer e segue um padrão que lembra até alguns shonens da vida – repare em Hyoudou por exemplo. Os cenários não fogem do comum e o que mais sobressai são os selos de poder que as garotas utilizam quando lutam.

O que mais chama a atenção na série é a música e sua trilha sonora. A abertura fica a cargo da música ‘Trip -Innocent of D-‘  do gupo de J-Pop Larval Stage Planning e o encerramento é ‘StudyXStudy’ por StylipS. Pra quem gosta de temas neo-classicos ou de trabalhos que a Konami faz com a série ‘Castlevania‘, High School DxD é um prato cheio da música renascentista/góticaestarei listando algumas no final do review.

Outro fator muito interessante e relacionado com o som é o cast de seiyuu/dublagem. A voz por trás de Rias Gremory é nada mais nada menos que Yoko Hikasa, uma das vozes mais importantes da atualidade e dona de interpretações fantásticas com Mio de K-On, Erica Blandelli de Campione! e Kirigi de Danganronpa.

Rias Gremory e sua autoridade!

Julgando

High School DxD é um ótimo anime Ecchi e um shonen mediano. Dinâmico, rápido e sem frescuras, a trama corre bem quando foge do ‘fanservice’ da vida ou do cotidiano escolar. O final da primeira temporada deixa um gancho para uma segunda – e que rolou em 2013 – e que se continuar neste ritmo, pode se estender para quatro temporadas ou mais!

*ps: Seria uma ótima e digna série de HBO! 😉

Trailer

Abertura

Encerramento

Trip -Innocent of D – Larval Stage Planning [ao vivo]

StudyXStudy – StylipS

OST – Shinsou no, Ojousama desu [Fantástica interpretação!]

OST – Watashi no tame ni, Ikinasai

OST – Utsukushiku, Akai

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Análises, Reviews

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s