Frank Dead

SITE_FrankDeadTemplate

Ô! Aqui é o FRANJA e é com muita alegria que eu apresento a vocês meu Webcomic, Frank Dead. Estava ansioso por isso!

sentido leitura O mangá conta a história do Frank, um ‘garoto’ que não sente fome e nem frio e, com ajuda da sua parceira Elise, parte em busca do seu coração roubado. Sempre achei que a sinopse estraga um pouco da história, então não quero falar muito sobre isso, fica por conta de vocês descobrirem até onde os dois podem chegar.

Falando um pouco sobre o projeto… Frank Dead terá capítulos semanais de 1~3 páginas, então veremos essa cara costurada com frequência. Hoje trago para vocês o capitulo #1 – ou melhor dizendo – o prólogo da história.
Ah! Sobre a leitura, segue no modo ocidental, brasilzão mesmo!

Enfim, boa leitura. Espero que se divirtam!


 

cap01_p01


cap01_p02


cap01_p03


cap01_p04


cap01_p05

 

Anúncios

17 Comentários

Arquivado em Frank Dead

17 Respostas para “Frank Dead

  1. se ele se aprofundar mais pro personagem tomar um rumo diferente e o personagem buscar com todas as forças saber quem e e não esquecer de nada, acho que os personagens parecem superficiais e a historia também pois se tratando sobre um morto-vivo poderia ter uma introdução dos personagens um pouco melhor como ele levantando do tumulo ou coisa do tipo (atenção tenho a intenção de ajudar de melhorar o manga e experiencias futuras,Não quero ofender ninguém)

    Bom alem disso os tracos estão bons muito bons espero ter ajudado

    Com carinho ~Itus

    Curtir

  2. Anônimo

    Top, tem continuação?

    Curtir

  3. Quando lança o capítulo 2?

    Curtir

  4. matheus dedois

    Muito massa mano

    Curtir

  5. Anônimo

    show de bola o prologo so ta meio q tipo apresado os acontecimentos mais parabens pq o brasil tem poucos como vc

    Curtir

  6. felipe amorim

    fica bem da hora cara… gostei do frank, me lembro o luffy

    Curtir

  7. Não vou entrar em méritos de arte, porque cada um tem a sua assinatura – só não pode ser um Liefeld de encher os personagens de pochetes, tirar os dedos do pé e outras coisas mais.

    Minha crítica tem somente a intenção de ser construtiva, não virei para dizer somente “Legal”, “Gostei”, “Tá ruim”. Porque isso não é um feedback que EU ache válido, coisa de gente inexpressiva, você mostra qualquer história que tenha jovem e para ele ‘tá bom. Ano passado assisti mais de 300 filmes, redigi uma crítica sobre cada um, dei o meu melhor para analisar todos dentro de todas as premissas.

    Bom, dentro dessa: o início de “o mundo é tal” é uma coisa relativamente corriqueira, mas chega no ponto que diverge e acaba não convencendo, fala dos lugares, das pessoas, animais e que está morto, se estivesse definitivamente morto não estaria falando, está reanimado. Aliás, e beleza, se não daquilo importa por que você é tão redundante em filosofar sobre? A frase por si só já meio que fala “Tá, dá meia volta e sai andando, tem nada para ver aqui, nada importa”. Claro que isso pode fazer parte de uma personalidade inconveniente, já que a Elise sequer perguntou o nome dele, e ele disse Frank.

    Se tratando de um morto-vivo, não me pareceu ser uma boa introdução, lógico que cada cabeça tem sua sentença, porém poderia aproveitar que ele não sente dor, então na hora da pedrada, o olho azul dele simplesmente pulasse para fora, nisso a garota poderia correr atrás da “bolinha”, se desculpar, na hora de devolver a bolinha ver na cara dele que faltava um olho, olhar para a própria mão, se assustar, jogar o olho para o alto e ele ir atrás dela dizer que estava tudo bem, afinal… ele estava morto.

    Claro, para mim foi razoável porque entrei esperando ler algo diferente, numa mesma expectativa de quando li Franken Fran – um mangá ÓTIMO por sinal, recomendo.

    Vou continuar acompanhando, vou esperar que o recheio seja o ápice, dado que o final é esperado que: ou o coração já estivesse nele, faltava reanimá-lo, numa metáfora a amar intensamente, ou ele vai atrás do coração junto a Elise percebe que não precisava daquilo, ou faz dá o próprio coração para alguém.

    Quanto a questão da sinopse ser um spoiler, pelo contrário, a sinopse é basicamente para falar “se trata sobre” é normal que, por exemplo, como o filme Death of a Superhero o próprio título conte o final ou qual é a chave para clímax, no entanto é COMO se preenche até o esperado final, não qual o final, que as vezes o bom não é aquele que é mirabolante e inesperado, e sim que soube a hora de encerrar a solução. Como vemos acontecer constantemente em mangá’s, gente tentando dar um último respiro ao título e colocando coisa que não importa.

    One Piece mesmo, Luffy já é óbvio que vai ser o rei dos piratas, todos no mangá o apoiam e acreditam nele, só que ele está indo atrás. Só que é bom e Oda sabe como vai acabar, é decidido.

    Abraços. :3

    Curtir

  8. tuzin (saci de 3 pernas)

    continua quando?

    Curtir

  9. clarabeca

    bem legal 😀

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s